Pular para o conteúdo

10 Erros que você NÃO vai cometer ao abrir sua empresa

 

Descubra como evitar fazer parte da estatística de empreendimentos que fecham antes de completar 5 anos no mercado.

 

10 Erros que você NÃO vai cometer ao abrir sua empresa

 

As micros e pequenas empresas têm papel importante na economia do país. São elas que geram mais empregos e renda para a população local e regional dos municípios.

Segundo o SEBRAE Nacional, 24,4% das empresas fecham as portas antes mesmo de completar dois anos de existência. Esse percentual chega a ser de 50% quando falamos de empreendimentos com menos de quatro anos.

Para que seu negócio não esteja em nenhuma dessas estatísticas e possa alcançar voos mais altos, vamos apresentar os 10 erros que você não vai cometer ao abrir sua empresa.

 

      1 – Modelo de negócio desde a abertura da empresa
A falta de assessoria profissional e a escolha equivocada do regime tributário podem levar a empresa à falência. Para ser um empreendedor de sucesso é necessário que o negócio esteja de acordo com as leis trabalhistas do segmento e cumprindo com os deveres tributários corretos. Optar por uma contabilidade consultiva evita gastos desnecessários e contribui nas decisões estratégicas da empresa.

 

       2 . Inexperiência e desconhecimento do segmento de atuação

Não basta ter paixão pelo negócio ou encontrar a oportunidade perfeita. Execução sem conhecimento resulta em perda de tempo e muito dinheiro. Para se dar bem nos negócios é preciso determinação e entendimento. A experiência atua melhor nas decisões e promove a segurança que o proprietário precisa para caminhar diante das dificuldades.

 

       3 – Falta de planejamento de crescimento
A falta de estudo de mercado, de concorrência e de micro e macro ambientes levam mais de 45% dos negócios a decretar falência em menos de dois anos. Sem informações básicas a empresa fica suscetível a um cenário instável e incerto para crescer e se manter no futuro.

 

        4 – Ausência de gestão e controle financeiro

O mundo é movido pela evolução e quem opta por se acomodar fica para trás. Para construir um negócio promissor, os donos devem estar atentos às novas tecnologias do setor, inovar processos e procedimentos, além de investir em capacitação profissional. Além disso, é indispensável que o fluxo de caixa seja monitorado religiosamente, para que não falte capital de giro e o estabelecimento tenha lucro. Utilize softwares para a administração dos recursos financeiros.

 

        5 – Junção de gastos pessoais e empresariais
 Confundir gastos pessoais e empresariais é um dos erros mais sérios e mais comuns cometidos pelos empreendedores. A junção destes dois patrimônios chega a influenciar no pagamento de impostos, dependendo do regime tributário, o que pode aumentar e muito nos gastos desnecessários.

 

         6 – Ausência de marketing
Não se preocupar com o marketing é não dar valor ao seu produto ou serviço. Por isso, independente da sua área, todos precisam conhecer o seu trabalho. Mas não pode ser de qualquer jeito, precisa de estratégia para atingir quem realmente se identifica com a sua marca. O marketing digital, além de ser um investimento menor comparado ao tradicional, traz métricas exatas de cada atividade realizada.

 

         7 – Incompatibilidade entre produto, qualidade e preço ou tempo
A incompatibilidade de qualidade, preço ou tempo de entrega fazem parte da receita perfeita para o fracasso. Um negócio eficiente deve atender ao público de acordo com suas expectativas. O produto ou serviço precisa atender as necessidades financeiras e interesses dos clientes.

 

         8 – Montagem de equipe
É importante avaliar a necessidade de contratar funcionários qualificados e ao longo do processo, qualificar os novos e reciclar o conhecimento dos já existentes. A diversidade de habilidades contribui para o bom andamento das atividades dentro da empresa, evitando problemas e prejuízos maiores.

 

         9 – Objetivos diferentes entre os sócios
Se tratando de empresas com sociedade, alinhar as expectativas e objetivos dos envolvidos é primordial para o bom andamento da empresa. A fim de evitar o insucesso do empreendimento, tenha conversas francas com quem divide o sonho do próprio negócio. Lembre-se, discussões não têm o propósito de obter vitórias, mas sim o progresso.

 

        10 – Resistência às mudanças

Alcançar o sucesso significa lidar com os imprevistos do percurso. Assim como na vida pessoal, você vai se deparar com inúmeras situações que exigem mudanças. Para enfrentá-las de cabeça erguida e pensante, esteja com a mente aberta. Seja fiel às suas intuições, mas dê chances para que as adaptações possam te tornar mais forte.

 

Estes são alguns dos erros mais comuns que acontecem no processo de abertura de empresas e que comprometem o sucesso.

Se você ainda tem dúvidas, faça uma consulta consultiva de forma gratuita clicando AQUI.